Ultrassonografia Obstétrica com Doppler
03/08/2015 à 04/08/2015 Intensivo em Morfologia Fetal + Doppler em Obstetrícia
03/08/2015 à 06/08/2015 Intensivo de Ultrassonografia Morfológica Fetal
05/08/2015 à 06/08/2015 Ultrassonografia Básica em Obstetrícia,Ginecologia e Mamária
17/08/2015 à 28/08/2015 Ultrassonografia Básica Geral + Complementares
17/08/2015 à 04/09/2015 Ultrassonografia Mamária
24/08/2015 à 28/08/2015 Ultrassonografia em Ginecologia - Pélvica via abdominal e via transvaginal
24/08/2015 à 28/08/2015 Ecografia Eco Color Doppler Vascular Geral
26/08/2015 à 30/08/2015 Ultrassonografia em Medicina Interna (Abdômen Total, Superior e Vias Urinárias)
31/08/2015 à 04/09/2015 Atualização em Ultrassonografia
31/08/2015 à 04/09/2015 Ultrassonografia da Tireóide
31/08/2015 à 04/09/2015 Ultrassonografia Básica em Obstetrícia,Ginecologia e Mamária
05/10/2015 à 16/10/2015 Ultrassonografia Básica Geral + Complementares
05/10/2015 à 23/10/2015 Ultrassonografia Básica Geral + Complementares + Avançados
05/10/2015 à 29/10/2015 Ultrassonografia em Ginecologia - Pélvica via abdominal e via transvaginal
12/10/2015 à 16/10/2015 Ultrassonografia Mamária
12/10/2015 à 16/10/2015 Atualização em Ultrassonografia
19/10/2015 à 23/10/2015 Ultrassonografia da Tireóide
19/10/2015 à 23/10/2015 Ultrassonografia em Medicina Interna (Abdômen Total, Superior e Vias Urinárias)
19/10/2015 à 23/10/2015 Doppler Colorido de Carótidas, Vertebrais e Torácicas Internas
23/10/2015 à 25/10/2015 Intensivo de Ultrassonografia Morfológica Fetal
26/10/2015 à 27/10/2015 Intensivo em Morfologia Fetal + Doppler em Obstetrícia
26/10/2015 à 29/10/2015 Ultrassonografia Obstétrica com Doppler
28/10/2015 à 29/10/2015 Ecografia Vascular de Membros Inferiores - Venoso
06/11/2015 à 08/11/2015 Ultrassonografia Básica em Obstetrícia,Ginecologia e Mamária
09/11/2015 à 20/11/2015 Ultrassonografia Básica Geral + Complementares
09/11/2015 à 27/11/2015 Ultrassonografia Básica Geral + Complementares + Avançados
09/11/2015 à 03/12/2015 Ultrassonografia Mamária
16/11/2015 à 20/11/2015 Ultrassonografia em Ginecologia - Pélvica via abdominal e via transvaginal
16/11/2015 à 20/11/2015 Atualização em Ultrassonografia
23/11/2015 à 27/11/2015 Ultrassonografia da Tireóide
23/11/2015 à 27/11/2015 Ultrassonografia em Medicina Interna (Abdômen Total, Superior e Vias Urinárias)
30/11/2015 à 04/12/2015 Intensivo de Ultrassonografia Morfológica Fetal
07/12/2015 à 08/12/2015 Intensivo em Morfologia Fetal + Doppler em Obstetrícia
07/12/2015 à 10/12/2015 Ultrassonografia Obstétrica com Doppler
09/12/2015 à 10/12/2015 Ultrassonografia Básica em Obstetrícia,Ginecologia e Mamária
11/01/2016 à 22/01/2016 Ultrassonografia Básica Geral + Complementares
11/01/2016 à 29/01/2016 Ultrassonografia Básica Geral + Complementares + Avançados
11/01/2016 à 04/02/2016 Ultrassonografia Mamária
18/01/2016 à 22/01/2016 Atualização em Ultrassonografia
25/01/2016 à 29/01/2016 Ultrassonografia em Medicina Interna (Abdômen Total, Superior e Vias Urinárias)
25/01/2016 à 29/01/2016 Ultrassonografia da Tireóide
25/01/2016 à 29/01/2016 Intensivo de Ultrassonografia Morfológica Fetal
01/02/2016 à 02/02/2016 Intensivo em Morfologia Fetal + Doppler em Obstetrícia
01/02/2016 à 04/02/2016 Ultrassonografia Obstétrica com Doppler
03/02/2016 à 04/02/2016

Dicas Ultrassonográficas

016 - Como Avaliar a Integridade do Lábio Superior Fetal
(como descartar ou diagnosticar fenda labial)

Por CPU

Para se avaliar adequadamente a face fetal, é necessário seguir alguns passos importantes, além de ter um acesso à região da face que possibilite a sua visualização, já que a posição fetal e a quantidade de líquido amniótico influem nesta avaliação.

Os passos são os seguintes:

• Avaliar a posição fetal:
Observar qual sua situação: se longitudinal ou transversal.
Observar sua apresentação: se é cefálica, pélvica ou outra.
Observar a posição do dorso fetal: se está à direita, à esquerda, superior, inferior, anterior ou posterior.

• Observar se a quantidade de líquido amniótico é adequada na região da face.

• Suponha agora como exemplo, que o feto se encontre em situação longitudinal, com dorso à direita e apresentação cefálica.

• Colocar o transdutor na posição de avaliação do DBP: se o feto está em apresentação cefálica, o DBP é avaliado na região supra-púbica materna, em corte transversal.

• Observar a posição do tálamo, que aparece como uma “ponta de seta” apontando para a região occipital.

• Se a “seta” (tálamo) estiver apontando para a direita da mãe, significa que o feto está de fato, com o dorso à direita.

• Girar o transdutor 90º em sentido horário.

• O transdutor agora está realizando um corte longitudinal do polo cefálico.

• Deslisar lentamente o transdutor lateralmente para a esquerda, mantendo o corte longitudinal, até encontrar a face fetal.

• o encontrar a face fetal, o transdutor continuará na posição de corte longitudinal em relação à mãe, porém estará em corte coronal em relação ao feto, tangenciando a sua face. O corte coronal da face fetal é o melhor para se avaliar a região dos lábios e das fossas nasais.

• Avalie a integridade do lábio superior: se está normal, sem solução de continuidade ou se está fendido.

É simples.
Lembrar dos fatores limitantes: posição da face fetal e quantidade de líquido amniótico na região.

Acesso Rápido
Endereço

Rua Olavo Bilac, 906
CEP 14020-020
Ribeirão Preto - SP

*Próximo às avenidas: Independência e 9 de Julho.

Central de Atendimento
0800.183344

Fax
(16) 3632.4543

Telefones
(16) 3632.4543
(16) 3625.7795
(16) 3625.8051

Contato após às 18:00 h, sábados, domingos e feriados
(16) 99711 1299 - Paula Silveira







© 2010, CPU. Todos os direitos reservdos. Desenvolvido por G4web Agência de Internet.